julho 25, 2006

becoming.feminine.

No outro dia, sentei-me no paredão. Onde tantas vezes com tranças sonhei ser mulher, crescimento que só queria que acontecesse, a todo o custo, a todo o gás.
Muita coisa não esperava, mas olhando para trás tanta coisa que conheci, tantas malas exploratórias que fiz, pessoas que olhei por dentro, aviões que me levantaram. Buscas incessantes de estímulos, de crescimento, de relativizações.
Ilusões, desilusões, emoções, sentimentos. Amadurecimento.
E concluí que me tornei na mulher que sonhei naquela altura, com alguns remendos perspectivados, mas materializei os atributos que ambicionei.

3 comentários:

hl disse...

Bom saber:) sente-te então feliz, pois és o que sonhaste:) não te sentes decepcionada contigo mesma:)
Sorri L.
Beijinhos:)

Join disse...

"Disse fêmea, mulher feita, ama-te a ti mesma... menina feita mulher"!!Canta o Palma com os versos de Arnold Wesker.
Beijinho da Jo

marta disse...

uma ode à tua pessoa :)